Chanceler Arreaza: EUA violam todos os princípios da ONU

Foto: Ministério das Relações Exteriores

Caracas, 20 Sep. AVN.- O governo dos Estados Unidos viola todos os princípios estabelecidos na carta das Nações Unidas, ao atuar de maneira grosseira, desrespeitosa e ingerencista contra a soberania e independência dos povos do mundo.

A afirmação foi realizada pelo chanceler venezuelano, Jorge Arreaza, durante uma coletiva de imprensa na sede da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova York.

"O governo dos Estados Unidos exerce uma violação absoluta de todos os princípios da carta da ONU", ressaltou Arreaza ao condenar as declarações desta terça-feira do presidente dos EUA, Donald Trump que mais uma vez ameaçou a Venezuela.

Arreaza destacou que a Venezuela é uma país de paz e que nenhuma nação pode nem tem direito de violentar nossa soberania. "Não aceitamos ameaças do presidente Trump, somos um povo de paz e o que queremos são relações de respeito mútuo, não só com os Estados Unidos, com todos os países do mundo".

Além disso denunciou que a Casa Branca e seus aliados na América Latina, Europa e outras nações, pretendem asfixiar a economia venezuela, forçando uma mudança de governo. "Querem que o povo sofra, querem criar e impor uma crise humanitária em nosso país".

Arreaza assegurou que não descartam nenhuma ação militar por parte do imperialismo, apesar de que isso seria uma barbaridade e afirmou que o governo venezuelano está preparado para responder em qualquer âmbito.

O chanceler venezuelano exigiu mais uma vez que Washington retifique suas políticas ingerencistas; e invocou que o povo estadunidense exerca seu poder soberano que atualmente não é representado por Donald Trump.

"Tomara que o povo dos Estados Unidos possa ter acesso ao poder de governo de verdade e possam autogovernar-se", disse.

20/09/2017 - 07:02 am