Renegociação da dívida externa venezuelana começa nesta segunda-feira

Presidência da República

Caracas, 13 Nov. AVN.- Nesta segunda-feira, 13, começa a renegociação da dívida externa da República Bolivariana da Venezuela e Petróleos de Venezuela com seus credores. A reunião será realizada no Palácio Branco, em Caracas, informou o presidente Nicolás Maduro neste domingo.

"Amanhã começa o processo de renegociação e refinanciamento da dívida externa  de todos os compromissos  internacionais da República", afirmou o mandatário durante o programa "Os Domingos com Maduro", transmitido pela VTV.

O presidente explicou que desde 2014, a Venezuela enfrenta as consequências da guerra econômica, assim como as sanções impostas pelo ex-mandatário dos Estados Unidos Barack Obama e pela atual gestão norte-americana liderada por Donald Trump.

"Foram 36 meses de sangue, suor e lágrimas. 36 meses onde pagamos US$73,3 bilhões sem atraso, nem um segundo. Recentemente pagamos US$2 bilhões".

Maduro destacou que o país avança no cumprimento de seus compromissos, "ainda em circunstâncias difíceis" que o governo continua determinado a conseguir "condições favoráveis e justas" para o refinanciamento.

A Venezuela enfrentou uma queda dos preços do petróleo, "Este período enquanto eu pagava US$73,3 bilhões por um lado, por outro lado deixavam de entrar US$100 bilhões pela queda do preço petroleiro".

No entanto, o Executivo reiterou seu compromisso de garantir o desenvolvimento normal do país. "Não poderão com a  consciência da Venezuela, não poderão com o povo de Bolívar. Nossa estratégia é refinanciar toda a dívida externa, porque a prioridade é a vida econômica do país o crescimento e desenvolvimento da Venezuela".

13/11/2017 - 08:12 am