Venezuela rechaça declarações do secretário de Estado dos EUA

Foto archivo  

Caracas, 20 Abr. AVN.- A chanceler da República, Delcy Rodríguez rechaçou as declarações do secretário de Estado dos Estados Unidos (EUA), Rex Tillerson contra a Venezuela.

Em coletiva realizada nesta quarta-feira, Tillerson afirmou que os direitos constitucionais na Venezuela são violados e por isso trabalhará em conjunto com instâncias internacionais como a Organização dos Estados Americanos (OEA) para realizar um controle do que acontece na nação, destaca Telesur.

"A Venezuela rechaça as declarações do Secretário de Estado estadunidense Rex Tillerson por intervencionismo sistemático contra a Venezuela", disse a ministra das Relações Exteriores em mensagem via Twitter.

O secretário-geral da OEA, Luis Almagro tenta a aplicação— sem fundamento legal —da Carta Democrática Interamericana, com o objetivo de intervir na Venezuela e instalar um governo ao serviço dos Estados Unidos.

Delcy Rodríguez manifestou sua preocupação sobre as políticas que atualmente são promovidas pela Casa Branca contra outras nações, como "as recentes bombas lançadas pelos EUA sobre Síria e Afeganistão".

Em 7 de abril o presidente dos Estados Unidos Donald Trump ordenou o lançamento de mais de 50 mísseis contra a Síria e na última quinta-feira lançou uma segunda bomba nuclear contra o Afeganistão para atacar supostas células terroristas.

Também alertou sobre as "políticas migratórias contra cidadãos latino-americanos nos EUA e o racismo promovido institucionalmente".

20/04/2017 - 07:43 am