Missão Lares da Pátria protege 1,3 milhão de famílias

Caracas, 11 Oct. AVN.- Atualmente a Missão Lares da Pátria protege 1,3 milhão de famílias que estão em situação de pobreza extrema em comunidades que foram censadas e priorizadas pelo Executivo Nacional, segundo explicou a ministra da Mulher e Igualdade de Gênero, Blanca Eekhout.

As famílias que foram incorporadas a este programa social foram abordadas pelo Movimento Somos Venezuela que trabalha com os dados fornecidos pelo sistema do Carnê da Pátria.

A chefe do Sistema de Missões, María Rosa Jiménez, informou na praça Bicentenario do Palácio de Miraflores, onde aconteceu a formatura da primeira turma de promotoras comunais de parto humanizado, que até o momento o Movimento Somos Venezuela visitou mais de 15 milhões de pessoas, a maioria delas mulheres.

Durante a atividade também foi entregue pensões para o novo grupo de 200 mil pessoas da terceira idade, incluídos recentemente pelo presidente, Nicolás Maduro.

A ministra Eekhout ressaltou, além disso, que o Sistema de Missões e Grandes Missões está reestruturando a Missão Menino Jesus e nas próximas semanas serão reinauguradas casas de abrigo e salas de pré-natal para garantir atendimento de qualidade para as gestantes.

Ela destacou ainda que como parte das políticas sociais do Estado, o governo nacional já entregou para o reinício do ano letivo 2017-2018, um total de 1.875.454 bônus escolares de 250 mil bolívares para famílias com prioridade.

Também destacou a reativação de três mil casas de alimentação, que devem estar abertas no último trimestre deste ano e que vão atender uma média de 600 mil pessoas em todo o país, com um investimento da Revolução de 35 bilhões de bolívares."Já temos duas mil Casas de Alimentação abertas para o povo com 7.986 mães trabalhando para nossas crianças e pessoas da terceira idade", disse.